Paralisação contra a redução da matriz curricular

Durante ato público realizado na manhã do dia 4 de abril, em frente ao Conselho Estadual de Educação (CEE), alunos e trabalhadores de cerca de 21 instituições de Ensino da Rede Estadual de Ensino aguardaram o resultado de mais uma reunião do CEE, que entre outras pautas debateu o projeto de reformulação da matriz curricular de forma autoritária, sem o necessário debate com a comunidade escolar.

Vale lembrar, que o governo de Jatene e Cláudia Hage mantém sua política de ataques à educação e desrespeito a comunidade escolar, uma vez que promete forçar a aprovação da reformulação já nesta quinta-feira (07|04) em votação que deixará em segundo plano a premissa de melhorar a qualidade de ensino público e que responderá apenas ao enxugamento da máquina administrativa.

O Sintepp aguarda há mais de três meses a nomeação do representante dos (as) trabalhadores (as) ao Conselho Estadual de Educação, tempo em que tramitou de maneira açodada todo este debate numa comissão especial, formada apenas por representantes do estado.

No início do ato e diante do quantitativo de estudantes e educadores (as), o movimento deliberou pelo fechamento da Av. Pte. Vargas para chamar atenção da imprensa e da sociedade para a gravidade da eventual aprovação deste projeto nefasto para a educação pública paraense. Atingido o objetivo, os manifestantes seguiram em caminhada até a Sede do CEE, na Rua Arcipreste Manoel Teodoro, onde após receberem o resultado da reunião, deliberaram por uma paralisação com ato público no dia 07/04, com concentração às 7:30h, em frente ao Colégio IEEP. Foi registrada a presença no ato de hoje, além de escolas da Região Metropolitana, representantes de unidades educacionais dos municípios de São Miguel do Guamá, São Domingos do Capim e Castanhal.

O Sintepp convoca a categoria a paralisar suas atividades no próximo dia 07/04 e fortalecer a mobilização para o ato em todas as escolas públicas.

https://indd.adobe.com/view/a17fe382-bc75-4050-948f-83355da9b24b

Print

Sintepp Sindicato

Read Previous

Na luta por reajuste salarial e auxilio alimentação, Parauapebas aprova greve a partir de 06.04

Read Next

cartaz_paralisação_estadual_abril_07

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *