Mocajuba: mais de um mês de greve e prefeito descumpre acordo. A luta continua!

Um mês e uma semana de greve na rede municipal de ensino de Mocajuba, na Regional Tocantina do Sintepp, e o prefeito Rosiel Costa (PR) continua sem flexibilizar as negociações com o Sindicato.
Atraso nos salários de novembro e dezembro|14, falta de material didático, precariedade no transporte escolar e má qualidade na merenda são as principais denúncias dos educadores mojuenses.
O Sintepp já encaminhou inúmeras propostas ao governo, no entanto o mesmo não cumpre prazos. A disposição da categoria é encerrar a greve, porém não há possibilidade de retomar as aulas sem garantia de encaminhamento da pauta.
Nesta segunda-feira (12) os profissionais da educação ocuparam a sede da prefeitura e só encerram a ação no final da tarde do dia seguinte depois que o juiz da Comarca local determinou a entrega das folhas mecanizadas dos meses de setembro, outubro e novembro e a portaria de lotação já solicitada pelo Sindicato, ao qual o governo ignorava o pedido.
O 13º salário foi pago com recursos que seriam para os vencimentos de dezembro, e até então o prefeito não esclarece o que foi feito com os recursos da educação no município.
A desonra do governo ao não cumprir as reivindicações dos trabalhadores está levando a população ao desespero e o clima de tensão é grande. O Sintepp espera resolver a questão o quanto antes e conta com a devida intervenção no município dos órgãos fiscalizatórios dos recursos públicos.
Na manhã de hoje (14), a categoria se reuniu em assembleia geral e determinou a continuidade da greve. A comunidade escolar apoia o movimento. A Coordenação Estadual está na cidade e acompanha as mobilizações.
Só conquista quem luta!

Sintepp Sindicato

Read Previous

Executiva Belém do Sintepp visita as escolas da Rede Municipal de Educação que estão em reformas desde 2012 em Belém sem previsão de conclusão

Read Next

Concórdia: precariedade no ensino e atraso de salários direcionam categoria para luta

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *